segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Bonança

Se um dia é de tempestade, é certo que logo virá a bonança - pelo menos, para os otimistas.

Mas, a despeito das tempestades em minha vida, seria injusto reclamar quando um domingo me sorri. Um lindo domingo de sol, num sítio repleto de verde e ar puro, ao lado de pessoas que amo. Banho de sol na piscina, resultando em um leve bronzeado, boa comida, brincadeira com os cães e todas as delícias da vida. Para arrematar, no fim da tarde, roda de samba com minha irmã Joelma, minhas amigas Zan e Janete, e por fim, uma maldita caipirinha envenenada. Mas roda de samba sem isso não é tão roda de samba assim, não é?
Paguei o preço merecido pelo abuso. Fiquei ruimmmmmmm, ruim como poucas vezes me vi na vida. Nunca mais cometo excessos (será?). Ainda bem que pouco me lembro do que aprontei. E quando Joelma relata, eu digo: "Quero provas!" (risos)

Sei que cheguei em casa e apaguei. Mas eu mesmo me absolvo, neste caso. Havia uma necessidade urgente de relaxar, cair um pouco na vida, para esquecer dos apertos, dos sufocos que andaram envenenando o meu malandro coração nesses últimos dias.

Acordei hoje às 6 da manhã. Sem muito pra fazer neste horário, resolvi navegar pela rede, ver noticias e dar uma passadinha num site de relacionamento, onde caí de paraquedas na semana passada. E... acho que encontrei alguém. Áté aí tudo bem, pois estamos sempre encontrando alguém. Mas é muito bom quando a gente encontra alguém que consegue nos transmitir algo especial. E isso não acontece com frequência.

Bem, por enquanto só posso dizer que ela é linda, dona de um sorriso encantador e de um astral invejável, que, sem dúvida, fez minha semana começar de uma forma leve, agradável, formidável. Embora eu só a tenha conhecido há poucas horas, ela já fez por merecer estar presente nesse post.

Cris, talvez não tenha sido por acaso que esbarramos um no outro, na hora em que a manhã se iniciava e enquantos muitos ainda dormiam. Espero que possamos tomar umas por aí, e rir da mesma forma como rimos nesta manhã de segunda feira. Porque rir faz bem, traz de volta a nossa criança e colore a vida.

E já que o assunto é sorrir, permita-me um ousado comentário: seu sorriso ja me hipnotiza. Deu ate friozinho na barriga.
Bem-vinda à minha rede!


2 comentários:

Jol disse...

E vc sabe que eu tenho provas!!!!!
Tá perdido comigo, rimão!!!!
Não esquece tamo junto e misturado!
Amigo é um irmão que escolhemos e escolhi vc!!!!
Bjocasssss

Anônimo disse...

Nossa,me sinto honrada em ser citada por vc...........
Realmente,poucas vezes conhecemos pessoas que fazem a gente sorrir por dentro,e vc Malandrinho FOFO,conseguiu fazer da minha terça um dia diferente!!!!!!
Bjus...