quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Saudades de um Malandro...

Hoje fui pego de surpresa por uma flor de "Lys", que germinou um poema no meu jardim. A melhor forma que encontrei para agradecer esse inesperado presente foi publicá-lo aqui. Não é preciso dizer como fiquei feliz e tocado. É muito gratificante saber que a nossa passagem na vida de alguém não foi em vão e deixou boas e felizes marcas. Muito obrigado, Lys.



Às vezes sinto saudade...
De uma certa paixão...
Uma paixão linda...
Uma paixão Malandra...

Paixão que ficou perdida...
Malandramente esquecida...
Paixão com identidade...
Que virou gostosa e Malandra saudade...

Paixão Malandra da menina que fui um dia...
E quem dera hoje hoje, mulher completa,
Ser ainda essa menina Malandra e sapeca...

Saudade das suas palavras Malandras...
Do seu jeito Malandro...
Saudades de você, Malandro!

Beijuxxxxxxx !!!!!!

Marly (Lys)

Um comentário:

Lys disse...

Voce está presente no meu coração, Malandro!
Sempre!

Beijux amigo querido!