terça-feira, 6 de outubro de 2009

Pobre, mas culto!

Calor demais, trânsito em São Paulo, tudo parado. De um lado: uma Mercedes com AR condicionado, uma madame e motorista; do outro: um fusquinha com um gordinho todo suado e a barba por fazer...

O gordinho xinga, buzina, faz um escarcéu por causa do trânsito até que a madame baixa o vidro do Mercedes e diz:

- A paciência é a mais nobre e gentil das virtudes! Shakespeare, em 'Macbeth'.

O gordinho não deixa barato:

- Vá tomar no cu!: Nelson Rodrigues, em 'A vida como ela é'.

Um comentário:

Eleni disse...

hahahahahhahahahahahahahahah